• Mariana Cartibani

Setores e fluxos de clínicas veterinárias

Atualizado: 10 de jun.


Todo estabelecimento de saúde precisa ter bem definido em planta os setores de acordo com as atividades realizadas, e para isso existem diversas normativas.


Para as clínicas veterinárias é do mesmo jeito, não dá para pensar em ter várias atividades diferentes no mesmo lugar, principalmente quando a atividade tem um risco sanitário maior, como no caso de cirurgias, sala de esterilização e internação de animais com doenças infectocontagiosas. Não ter os ambientes adequados é colocar em risco pessoas e animais.



A 1.275/2019 define os ambientes necessários, mas e quanto a fluxo?


Não existe uma norma definindo quais ambientes devem ficar próximos ou distantes, mas um fluxo adequado ao local é tão importante quanto ter os ambientes.


Já notou que a maior parte das casas tem os ambientes agrupados por atividade que desempenhamos? Dificilmente você entrará numa casa pela área privativa (quartos, closets, sala íntima e etc).


O fluxo acontece de acordo com a organização


das atividades e serviços, então, junto com a organização dos ambientes em planta, são a dupla perfeita para estar no caminho para ter uma clínica veterinária segura para pacientes, clientes e profissionais! 😻💛


0 visualização0 comentário