Buscar
  • Mariana Cartibani

Ter uma clínica ou alugar o turno de outra clínica já pronta?


A maioria das pessoas responderam na última enquete que pretendem abrir a primeira clínica própria em 2020, mas você já parou para realmente avaliar as vantagens e desvantagens de cada uma das opções?


Uma das maiores vantagens do aluguel por turno é não precisar pagar tantas taxas, investir no espaço ou lidar com o gerenciamento de uma empresa. Por outro lado, alugar por turno costuma ser muito desvantajoso se você alugar por mais de uma semana por mês, já que o custo por semana costuma ser maior que o de um aluguel mensal de uma sala comercial.


Se você quer um espaço que seja a "cara" da sua filosofia de trabalho... provavelmente você vai ter que desistir do aluguel por turno, é quase impossível achar um local que já existe e seja perfeito pra você.


Ter a própria clínica requer mais investimento inicial, mas lhe dá mais possibilidades, você que define os horários e dias de funcionamento, assim como a identidade visual do espaço.


Apesar de maior investimento inicial, se você atender mais que 5 dias por mês, já vale a pena ter sua própria clínica/consultório, ou até pensar em uma sociedade com outro profissional.


Você não atende todos os dias ou tem mais de um consultório na sua clínica? Porque não alugar o turno do espaço? É uma receita a mais, tenho certeza que será muito bem vinda!


Agora, se você atende poucos dias, ou ainda não se sente confiante em gerenciar uma empresa, mesmo que só você trabalhe nela, lhe aconselho a alugar por turno, será bem mais tranquilo.


Se identificou e viu que abrir uma clínica é para você? Então procure um arquiteto especialista em ambientes de saúde. Não arrisque o investimento, para depois descobrir que o espaço está inadequado e não vai ter alvará de funcionamento, procure o profissional que vai te ajudar a ter segurança, funcionalidade e beleza para o seu negócio.

E aí, conseguiu visualizar o que é melhor pra você no momento?

0 visualização

Todos os projetos são de autoria e propriedade intelectual de Mariana Cartibani, sua reprodução é proibida.